Lira Alli: Camisinha Prudente faz apologia ao estupro






Por  Lira Alli, do Levante Popular da Juventude.

A propaganda da empresa Prudence, que vende preservativos, é inadmissível.
A peça é machista e trata o estupro de forma corriqueira, como uma “brincadeirinha a dois”.
Estupro não é sexo. E uma marca de preservativos não deveria ligar sua imagem ao desrespeito às mulheres.
Não é só homem que compra camisinha ou gosta de sexo, Prudence!
Por isso já denunciei o caso ao Conselho de Autorregulamentação Publicitária. Se você concorda, denuncie também  AQUI.
Clique em “reclamações” na parte de cima do site e preencha o formulário.
Pode escrever o que quiser, nossa sugestão:  “a propaganda faz apologia clara ao estupro e reforça estereótipos machistas”.
Denuncie também no safernet  e na Polícia Federal (PF).
Espalhem nas redes sociais a arte abaixo, que denuncia a postura da empresa.
Denunciem e boicotem!

Via: Viomundo
Nota da Blogueira KatytaSV: Publicitários que estão sendo pagos para criar propagandas criminosas e empresas que contratam este tipo de serviço deveriam pagar multa e serem obrigados a se  desculparem publicamente. 

2 comentários:

  1. Coisa de quem não tem o que fazer...

    ResponderExcluir
  2. Onde foi publicada essa propaganda? Não encontrei a fonte inicial de sua divulgação para fazer a denúncia...

    ResponderExcluir