Aeroportos brasileiros distribuirão Passaporte Verde a partir da Rio+20


Nos próximos anos, o Rio de Janeiro receberá uma enorme quantidade de turistas para os grandes eventos que sediará: 7,2 milhões de pessoas em 2014 para a Copa do Mundo e 380 mil dois anos depois, para os Jogos Olímpicos. Isso sem contar que anualmente, mesmo sem os megaeventos, desembarcam na cidade 5,5 milhões de turistas.
Diante das previsões oficiais, o PNUMA – Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, em parceria com o governo – por meio dos Ministérios do Meio Ambiente e do Turismo -, começou nesta Semana do Meio Ambiente, uma campanha para educar turistas de todo o mundo a escolher opções de consumo de baixos impactos ambiental e social. Seu lema é “Passaporte Verde, Turismo Sustentável por um Planeta Vivo”.
Com início na Rio+20 - Conferência sobre Desenvolvimento Sustentável da ONU, que oficialmente será realizada entre 20 e 22 de junho, mas já movimenta a capital fluminense, os aeroportos brasileiros distribuirão o Passaporte Verde, um guia com orientações sobre como viajar respeitando a natureza, as tradições e os valores socioculturais do local. O material também está disponível em um aplicativo de Facebook. Nos próximos anos, o Passaporte Verde chegará a outros países.
Para o lançamento da campanha, também será desenvolvido um projeto piloto em Paraty/RJ que incentivará práticas de consumo responsável. A cidade terá iniciativas de sustentabilidade socioambiental, como:
- melhoria da infraestrutura básica, como saneamento e abastecimento de água;
- fomento de projetos de ecoturismo de base comunitária;
- orientação de mudanças de hábitos dos moradores e turistas;
- estímulo aos restaurantes locais a comprar produtos de agricultura familiar, da pesca artesanal e de produção rural sustentável dos arredores de Paraty.
Assista ao vídeo da campanha, com algumas dicas de turismo sustentável:

Nenhum comentário:

Postar um comentário