BLOGUEIROS E PARTICIPANTES DE REDES SOCIAIS SÃO AMEAÇADOS E MORTOS PELO CARTEL DO TRÁFICO.

A foto é de uma outra vítima também morta pelos traficantes e pendurada numa ponte com cartaz. A prática parece ser 'comum' no México.

O nível de degradação em que a situação da segurança pública se encontra no México, país dividido e controlado por vários cartéis do tráfico de drogas é tamanho, que os criminosos monitoram e ameaçam blogueiros e quem usa os canais de redes sociais como twitter para fazer denúncias contra eles.

Na região da fronteira com os Estados Unidos onde a situação é mais grave, a imprensa tradicional reluta em divulgar os casos, com medo de que as suas redações e jornalistas sejam vítimas de atentados, e, os blogueiros procuram manter o anonimato para poder continuar a fazer as denúncias.

Infelizmente dois jovens que usaram o twitter para postar mensagens que desagradaram os traficantes, acabaram identificados e mortos, e seus corpos pendurados numa ponte da Cidade de Nuevo Loredo. Junto aos corpos um bilhete com os seguintes dizeres trazia a ameaça: “Isso vai acontecer com todos os que falarem tolices na Internet”.
O governo do México praticamente “terceirizou” o combate ao tráfico de drogas para os Estados Unidos, mas, nem mesmo os milhões de dólares americanos, mais a participação do DEA e Exército é capaz de conter a ação dos traficantes. Quanto aos viciados, o maior número deles está nos Estados Unidos, um mercado disputado via muito sangue e barbaridades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário